Reabertura dos Restaurantes

Reabertura dos Restaurantes

2020-05-08 1 Por dicasfiscais

em tempo de Pandemia

Cumprindo o calendário de desconfinamento indicado pelo Governo, está prevista a reabertura dos cafés e restaurantes no próximo dia 18 de maio e foi já publicado pela Direção Geral de Saúde as novas regras a ter em conta para a reabertura de um setor muito penalizado com a pandemia por Covid-19 em Portugal.

Para esta reabertura a (DGS) recomenda que se privilegie o serviço de Take- away e a utilização de esplanadas, caso existam, bem como o agendamento prévio com os clientes para a reserva de lugares.

A lotação de clientes no estabelecimento, será reduzida para metade. E os clientes terão que utilizar máscaras, que será tirada apenas para poderem comer.

A disposição das mesas e das cadeiras deve garantir uma distância de, pelo menos, dois metros entre as pessoas, mas os coabitantes podem sentar-se frente a frente ou lado a lado, a uma distância inferior. Esta disposição de mesas não pode ser alterada pelos clientes.

Não é recomendado o atendimento ao balcão e deverá também ser implementada a utilização de circuitos para a utilização de instalações sanitárias e para os pagamentos.

O uso de ementas e motivos decorativos nas mesas também não é recomendado.

A limpeza e desinfeção dos espaços deve ser uma prioridade e os proprietários devem adotar um protocolo de modo a seja garantida a desinfeção, pelo menos seis vezes por dia de todas as zonas de contacto frequente (maçanetas de portas, torneiras de lavatórios, mesas, bancadas, cadeiras, corrimãos).

O mesmo deve ser feito com “os equipamentos críticos”, tais como terminais de pagamento automático e ementas individuais, após cada utilização.

Estas orientações estabelecem também a necessidade de higienização das mãos, por parte dos clientes, com solução à base de álcool ou com água e sabão à entrada e à saída do estabelecimento, devendo sempre ser respeitada a distância entre pessoas de, pelo menos, dois metros e cumprir as medidas de etiqueta respiratória.

Os colaboradores (empregados) devem também conhecer e cumprir as medidas que constam do plano de contingência e saber como agir perante um caso suspeito de Covid-19, utilizar obrigatoriamente máscara de proteção, durante o período de trabalho e higienizar as mãos entre cada cliente.

Todas estas recomendações são muito importantes para a Direção Geral de Saúde, que considera os estabelecimentos de restauração e bebidas como locais onde a transmissão da infeção por Covid-19 pode ser potenciada. 

Link da recomendação da DGS

Conheça mais Dicas Fiscais aqui